O que são os RD's

Representação Discente (RD) são os alunos de graduação e pós-graduação que participam dos órgãos colegiados de discussão e deliberação dos Institutos, faculdades, e de órgãos ligados a universidade como um todo, como o Conselho Universitário (CO), e que teoricamente representam os alunos da unidade. A representação existe pois estes órgãos são fechados, ou seja, apenas algumas pessoas podem votar e até mesmo assistir as reuniões.

Em geral, a representação discente compõe 10% dos membros do colegiado, e é eleita pelos alunos por um mandato de um ano. As eleições são coordenadas pelos centros acadêmicos ou por uma comissão eleitoral composta de estudantes, o que é uma vitória do movimento estudantil, que reivindicava esta forma de organização há um tempo atrás: antigamente, as eleições eram controladas pelos professores, ou estes tinham que homologar o resultado das eleições.

Pessoalmente, participei das chapas eleitas que atuaram de outubro de 2002 a outubro de 2003 (chapa Pedra no Sapato), e de outubro de 2003 a outubro de 2004 (chapa No Meio do Caminho), no Instituto de Física da Universidade de São Paulo. No primeiro período, atuei como representante discente titular na comissão de biblioteca e como suplente na congregação. No ano seguinte, atuei como representante titular na congregação e suplente na comissão de biblioteca.

Apesar de algumas pessoas acreditarem que a representação discente serve apenas para legitimar decisões não-democráticas ou para cumprir a burocracia, acredito (inclusive por experiência própria) que a representação discente é muitas vezes importante e pode mudar o rumo dos acontecimentos e decisões. Entretanto, também por experiência própria, percebi que muitas vezes é necessária uma movimentação extra além de simplesmente comparecer, discutir e deliberar nas reuniões, e que pontos mais críticos são difíceis de serem implementados.

 Henrique Scemes Xavier